sexta-feira, 24 de maio de 2013

Arvores Nativas e Mudas Nativas de Maçaranduba

maçaranduba
MAÇARANDUBA (Manilkara huberi)

Ocorrência  Região Amazônica, do Pará ao Amazonas.
Outros nomes  maçaranduba amarela, maçaranduba de leite, maçaranduba mansa, maçaranduba preta, maçaranduba verdadeira, paraju, maçaranduba de terra firme, bully tree
Características árvore com cerca de 40 a 50 m de altura. É a verdaedeira maçaranduba. Copa arredondada e aberta. Tronco erecto e cilíndrico com 1 a 3 m de diâmetro, com raízes tabulares (sapopemas) e casca profundamente fissurada. Folhas simples, grandes, amarelas na face inferior, concentradas nas extremidades dos ramos, coriáceas, distintamente discolores, glabras na face superior e densa e minutamente pubérula com pelos pálido-amarelados formando uma película na face inferior, de 12 a 25 cm de comprimento por 5 a 9 cm de largura, sobre pecíolo glabro de 35 a 65 mm , com a nervura principal impressa na face superior e saliente na inferior, com 30 a 35 pares de nervuras secundárias. Inflorescências em fascículos axilares com 10 a 15 flores, sobre pedicelos de 2 a 4 cm . Fruto baga globosa, glabra, com polpa carnosa e adocicada, contendo de 1 a 4 sementes. Um Kg de sementes contém aproximadamente 2.800 unidades.
Habitat  florestas de terra firme com até 700 m de altitude
Propagação  sementes
Madeira  é a espécie do gênero mais valorizada devido sua madeira, que é muito pesada, dura e resistente.
Utilidade  a madeira é usada principalmente na construção externa, dormentes, pisos industriais, moirões, cruzetas, pontes, caibros, vigas, assoalhos, tacos, etc. Seu látex é comestível e consumido como substituto do leite de vaca. O fruto é comestível e, às vezes, comercializado. É muito apreciado por aves.
Florescimento  abril a junho e outubro a novembro
Frutificação  setembro a outubro e janeiro a fevereiro
Ameaças - é muito interessante economicamente e conseqüentemente muito explorada. Caso não haja um manejo adequado, daequi a 30 anos é provável que não haja estoque de árvores grandes de maçaranduba

http://www.vivaterra.org.br/arvores_nativas_2.htm#macaranduba

Nenhum comentário:

Postar um comentário